Skip to content

Bolsa Família: Saiba Tudo Sobre Esse Programa Social

Já ouviu falar sobre bolsa família? Tem dúvidas se tem direito e onde solicitar esse auxílio social? Nós vamos te ajudar, nessa matéria encontrará tudo sobre esse benefício do governo.




O benefício do Bolsa Família, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e combate à fome (MDS) é fonte de renda para 21% da população brasileira.

Assim, esse incentivo concedido à famílias de baixa renda, além de muitas vezes ser a principal fonte de renda, acaba por movimentar a economia local, tendo então grande importância para o desenvolvimento da cidade e região.

Contudo, devido à denúncias de fraude, desde o ano de 2016 o bolsa família MDS vêm tomando medidas para melhorar a qualidade desse benefício, a qual estão sendo feitas avaliações para garantir que apenas quem tem direito receba.

Por isso, é necessário que você fique informado tudo sobre o bolsa família, bem como quais as regras para ter e manter esse beneficio social.

Bolsa Família SaibaTudo Sobre Esse Programa Social0
Entenda o que é o Programa Bolsa Família

Entenda o que é o Programa Bolsa Família

O Bolsa família é um programa social de transferência direta de renda por parte do Governo Federal, integrante do plano Brasil sem miséria.




Assim, o benefício bolsa família foi criado com o intuito de garantir à pessoas em situação de vulnerabilidade social o direito mínimo à recursos fundamentais, como alimentação, acesso à educação e à saúde.

Tipos de Bolsa Família conheça quais são:

O benefício social pode ser concedido através dos seguintes tipos:

  1. Benefício básico;
  2. Benefício variável;
  3. Benefício variável jovem;
  4. Benefício para superação de extrema pobreza.




Bolsa família história: Veja quando o bolsa família foi criado

O programa do bolsa família foi criado através de medida provisória no dia 20 de outubro de 2003, sendo instituído em lei na data de 9 de janeiro de 2004.

A lei do bolsa família que regulamenta esse programa do governo é a Lei 10.836/04.

Quem criou o Programa:

O criador do bolsa família foi o então presidente da época, Luiz Inácio Lula da Silva.

O contexto histórico do bolsa família se deu a partir da união do Programa Nacional de Acesso à Alimentação (PNAA), que continha o Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Auxílio-Gás e Cadastramento Único do Governo Federal.

Bolsa família no novo governo O que você precisa saber!
Bolsa família no novo governo O que você precisa saber!

Bolsa família no novo governo: O que você precisa saber!

A fiscalização e adoção de medidas mais pontuais é fundamental para manter a integridade do programa, uma vez que no ano de 2015, cerca de 1,3 milhão de cadastros foram desligados.

Por isso, algumas modificações estão sendo feitas no atual governo, presidido por Michel Temer.

Fique atento as mudanças do Programa:

Fizemos uma lista dessas mudanças, para você ficar atento.

  • Reajuste de 5,67% no valor mensal do bolsa família 2018, a partir de 1° de julho;
  • Criação do programa GovData, que está cruzando informações e dados dos beneficiários do bolsa família, a fim de erradicar as fraudes;
  • Exigência de que as crianças possuam CPF, para manter o controle no número de beneficiários, complementando os dados do NIS bolsa família;

Quem pode receber o Bolsa Família?

Para ter direito ao bolsa família, o cidadão brasileiro precisa se enquadrar em algumas condições, como:

  • Famílias extremamente pobres, com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa;
  • Famílias pobres (renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00), desde que tenham em sua composição grávidas e/ou crianças e adolescentes (0 à 17 anos);

Tendo esses requisitos, a família precisa se cadastrar no Cadastro Único para programas sociais do governo, para assim participar da seleção.

Requisitos obrigatórios para crianças e adolescentes:

Após estar vinculado ao bolsa família, é obrigatório que as crianças e adolescentes cadastrados, com idades entre 6 e 15 anos, devem possui ao mínimo 85% de presença nas aulas. Para jovens de 16 a 17 anos, a frequência mínima exigida é de 75%.

Também é indispensável que se mantenha o calendário de vacinação das crianças menores de 7 anos em dia, levando-as ao posto de saúde para que sejam pesadas, medidas e tenham o crescimento monitorado, assim como as gestantes devem realizar o pré-natal.

Para saber maiores informações sobre como fazer seu cadastro no bolsa família, assista esse vídeo
o qual ele explica detalhadamente onde ir e que documentos levar:

Para realizar a consulta bolsa família se foi aprovado basta você acessar o portal bolsa família por meio do site da caixa para benefícios sociais.

Atendimento Telefônico Bolsa Família

Através do telefone bolsa família, o qual atende pelo canal caixa econômica, 0800 726 0207 você pode ter mais informações sobre o programa.